quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Time to... D3S☆


Há dias que se contam, e que se querem contar... Este não é apenas mais um, mas o alcança de todo um sonhar... um sonhar que demorou a alcançar, um patamar que se atinge e que do qual não se quer voltar... Se neste momento for preciso, para ser exacto atingo, é esta a hora de começar, se aqui esperavas, é mesmo esta a hora que estava a chegar, neste momento o mundo começa a parar, só para do inicio começar a recontar, uma história que neste mundo vai dar muito que falar...
É indiscritivel descrever, é impossível prever, o que vai acontecer, ou o que ficou para se rever, num passado de espera que nao se quer falar... Sem a mais pequena duvida alguma, é mais que tempo para Dy Three Star...

E quando acordei senti nos meus ombros, não um choque, mas um retorno, a dias em que o mundo era os meus pés e nele percorria de lés a lés, locais que todos queriam ver... O Sangue gelado corria-me nas veias enquanto meus olhos abriam numa lentidão, numa rapidez inimiga de perfeição... Se chamasses meu nome, eu ficaria sem saber, se a mim chamavas ou se simplesmente eu não era capaz de te ver... Vim à janela, e olhei e te olhei, e olhei e me olhei, e ali parei, fiquei, esperei, vi passar e deixei me encantar, comecei a questionar, vivo neste mundo ou noutro de amar?

Chovia, e tal como o ceu, minha alma caia, nao perdida, mas sozinha, aos poucos era minha, e que eu esperava vir a recuperar... De outro modo não podia ser, porque se imaginasse mais eu seria um Rei, à espera de saber, o trono é apenas meu ou tu quererás o que é meu? E a medida que caminhava, nos meus ouvidos escutava algo imprevisto para explicar... e cantava, e neste momento dizia, implorava, “Don’t leave me High, Don’t Leave Dry” procura uma resposta em mim, mas jura que não me deixas assim... A estrada era longa e perturbada, mas eu ali continuava com a mente elevada numa nuvem mais próxima daquilo que do sol é possível chegar...

O que pensava? Desejos não desejados, desejos não pegados que eu queria reconciliar, desejos esses que eu queria realizar, desejos esses pelos quais eu era capaz de lutar... Porque hoje, começa uma guerra, um momento de luta eterna, e mesmo sem me aperceber disto estava eu à espera, é agora o momento, quero, desejo, procuro, e tento, não fico mais, sou eu agora que escreve uma história mais que surreal, uma história real, sem igual, parecida, mas não como essa tal, agora sou eu quem escrevo, um medo, um receio, um pedido, um passeio, pelo qual quero andar, pelo qual vou voar, pelo qual te vou mostrar, que com a vida se constrói algo que o sonho impede e tu vives para contrariar...

É amar, é desejar te amar, é sempre querer mais observar, é um sentimento inacabado de curiosidade alimentar, é a rua que me escreve enquanto nela sou Homem que quer lá passar... Se hoje não chovesse, o dia não tinha o mesmo brilhar, hoje o sol fui eu, e assim vai continuar...

O meu coração não é apenas um pedido de emoção, é tambem uma razão que me pede para respirar, uma razão que me pede para te adorar, que me pede para este brilho continuar a liderar, acima da terra, acima do mar... Se a uma montanha hoje subir, meu nome bem alto vou gritar, junto de tudo hoje vou exaltar, tempo que não caminha, hoje é mesmo isto, não há que enganar, se queres um mundo, não sabes o que estás a comprar, vem, correr, procura testar, ser tu o primeiro, isto acabou, agora é tempo para Comandar...

E hoje corri nessa mesma chuva, vi alma passar, deixei e começei a olhar, não resisti fui cumprimentar, deste-me a mão e convidei.te para sonhar, não quiseste aguardar, quiseste aceitar, aqui começou mais uma história para contar...

E agora? O Futuro é uma glória, será que nela quero falar? Ou será que agora apenas quero me dela aproveitar, e deixar me englobar, simbiose que me mata e me deixa matar, sem ti que seria, de mim, da minha capacidade de brilhar... Se me contas, te conto, momento preciso ponto de encontro, perdi a conta aos anos que foram, deixei de viver em globos, passei a olhar, vivo numa globalidade de olhar, não agrado a muita gente nem quero agradar, apenas quero ser a razão do teu amar, este dia quero aproveitar para frisar, Obrigado amigos! Aqui para frente estaremos nós para batalhar... A minha vida, foi tudo menos minha amiga, cheia de tudo, de emoções vazia, não foi tempo nem magia, mas agora será intervenção divina, esta que me vai acompanhar... Até aqui tudo vim eu preparar, deixei de pensar, passei a arriscar, tenho ganho não quero parar, será que amanha tudo vai continuar?

Eu fico a pensar, que vale uma palavra que diz odiar, não diz nada que não uma simples razão para me chatear, é apenas mais um motivo para contra o qual lutar, nem sequer merece o esforço que me da em respirar... Hoje em dia o momento é de pura alegria, é hora de começar, mal ou bem é mesmo esta a hora de regressar, aos tempos em D3S não era apenas uma marca, mas sim a filosofia do meu sonhar... Agora? È tempo de começar, já o disse mas nunca é demais recapitular, é a partir de hoje que vivo, nasci e agora quero viver, quero saber qual a razão do teu viver, quero contigo partilhar tudo o que é agora uma força mágica de estas palavras cá para fora deitar...

Foram muitos anos a esperar, se pensam que não sei aguardar, pessoa mais perseverante não podem encontrar... Sou o modelo, a maquina que muita coisa faz funcionar, sou mão de obra que se quer comprar, ou adquirir para liquidar, um desejo que se quer tornar, uma simples realidade da qual todos queremos ouvir falar... Resiliente, sou eu, de que queres falar? Se queres saber porque te conheço só por te olhar, sê meu amigo um dia te vou explicar, D3S não é apenas uma vida, é um poder que só eu posso alcançar... Ser resiliente é ser no momento presente, uma força de energia contente que tudo faz movimentar, é ser a razão de sempre te compreender, se te perdoar, até de me por no teu lugar, é a razão por qual te amo e te quero amar...

Já era mais que tempo, agora não espero, ago e depois carrego, consequências que se querem carregar, agora sou força e alma de tudo isto mudar, podes querer comigo falar, mas até aqui conseguires chegar já é mesmo muito que tens a conquistar... Olha é isto, não sei como mais formas usar, se eu for capaz serei eu próprio a te explicar, se pensas que nada muda, podes crer que te estás a enganar, o tempo não para, a alma não é cara, mas difícil de jogar, é com ela que vives e com quem queres passar...

Agora, anjo dos sonhos, pedaço de céu, agora sou eu que construo, e que quero construir, depois de todos estes anos reunir, um choro que só me atingia por não sonhar, é este o momento é mesmo este o momento, não há sonho mais alto, que o sonho D3S!

É tempo, é mais que tempo, agora é só brilhar, não esperes mais, vai começar, é mesmo esta a vida, é o brilho, alma que querias alcançar, agora só me resta neste sonho começar... D3S é mais que tempo, tempo para Sonhar!

Time to D3S!☆

04/02/2010

1 comentário:

M'S disse...

Nota-se que não são simples Palavras ...
Escreves com o coração !
Parabens :$